domingo, 8 de novembro de 2009

Numb

Pesquisas recentes apontam para o crescimento no número de usuários da droga mais devastadora que existe. Os efeitos da droga podem durar uma vida inteira e vão desde alucinações até uma profunda depressão, podendo até mesmo levar ao suicídio no curto prazo.

"A" foi usuário dessa poderosa droga por vários anos e nos relatou como foi difícil largar o vício:
"Pô comecei achando que aquilo ali era o meu melhor refúgio, podia me entorpecer daquilo a hora que eu quisesse e pra mim, aquilo era uma espécie de fortaleza emocional. Chegou um momento que não conseguia mais me livrar e as alucinações eram constantes. Eu não sabia mais o que era vida, cara... Era só aquela porra ali o dia inteiro. Pô eu ficava lá trancado no meu quarto 'desfrutando' toda aquela merda... Já estava ficando paranóico, ria e chorava sozinho e eu te falo mais: só a droga me provocava emoções, foda-se o resto. Chegou um momento em que decidi parar com esse vício, mesmo sabendo que seria muito difícil largá-lo. Comecei tomando a primeira atitude, que foi juntar a porra toda e fazer uma grande fogueira. Aos poucos fui procurando outras coisas e me tornando cada vez menos dependente e vendo que a vida é muito mais do que essa droga, cara... Porra e vou te falar uma coisa importante, acho que grande parte das pessoas possui esse vício e elas não conseguem largá-lo, pois acham impossível. Mas se elas fizerem um esforço, verão que é possível viver com doses moderadas da droga, mas sem depender dela... Pô acho que é isso..."

Não é álcool, cocaína ou crack. A droga chama-se Passado.

3 comentários:

  1. O problema do vício em segmentos do tempo é que com o tempo ele se torna mesmo crônico, não tem jeito.

    ResponderExcluir
  2. maravilindo, padawan!
    muito maneiro.

    ResponderExcluir